9 principais dúvidas sobre energia fotovoltaica

9 principais dúvidas sobre energia fotovoltaica
Aneel reajusta valor das bandeiras tarifárias
12 de dezembro de 2018
9 principais dúvidas sobre energia fotovoltaica
Qual a diferença entre energia solar térmica e fotovoltaica?
30 de outubro de 2019
Exibir tudo

9 principais dúvidas sobre energia fotovoltaica

9 principais dúvidas sobre energia fotovoltaica

9 principais dúvidas sobre energia fotovoltaica

A busca por economia e sustentabilidade tem feito com que vários empresários busquem novas alternativas energéticas para suas empresas. Com os avanços tecnológicos, várias opções estão disponíveis no mercado atualmente, como é o caso da energia solar fotovoltaica.

A energia solar fotovoltaica é um sistema que permite a captação da radiação solar, transformando-a em energia elétrica. Essa tecnologia é uma excelente opção de energia renovável para residências e empresas, principalmente no Brasil, um país ensolarado na maior parte do tempo.

No país, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), mais de 14 mil companhias já instalaram sistemas de energia solar em seus negócios. Com essa tecnologia, as empresas conseguem reduzir os gastos na conta de luz, aumentar sua produtividade e ainda preservar mais o meio-ambiente.

Respondendo as principais dúvidas sobre energia fotovoltaica

Mesmo com o crescimento dessa tecnologia no Brasil, ainda existem muitas dúvidas sobre energia fotovoltaica. No decorrer do texto, pretendemos responder às principais delas. É só continuar a leitura!

1. Qual a diferença da energia fotovoltaica em relação à termica?

A energia solar térmica utiliza o calor e a luz do sol para o aquecimento de fluidos, como a água. Já a energia solar fotovoltaica transforma a radiação solar em energia elétrica para abastecer casas e companhias.

Sendo que o sistema térmico faz uso de um coletor solar e o fotovoltaico faz uso de painéis solares. Ambos são instalados no telhado da residência ou empresa para captarem a luz solar

2. Como funcionam os painéis de energia?

As células fotovoltaicas compostas no painel são feitas de materiais capazes de transformar a radiação solar diretamente em energia elétrica através do chamado “efeito fotovoltaico’’.

Os painéis são posicionados estrategicamente nos telhados, fazendo uso também de equipamentos elétricos, como cabos e inversores, que auxiliam na conversão de energia.

A energia elétrica gerada nesse sistema é consumida na hora. O excedente, por sua vez, é injetado nas redes de distribuição locais. Elas fornecem créditos do Sistema de Compensação Energética, que podem ser abatidos na conta de luz em até 60 meses. 

3. Quais são os requisitos para a instalação?

Ter uma área disponível para a instalação dos painéis solares e a residência ou empresa estejam ligadas a uma rede de distribuição de energia local.

4. Em quanto tempo o investimento “se paga”?

Um sistema de energia solar fotovoltaica “se paga” entre 2 a 6 anos após a instalação.

O mais importante de se observar aqui é que um grande atrativo dessa tecnologia é a possibilidade de economizar ou até mesmo quase zerar os gastos com a conta de luz, gerando sua própria energia de forma limpa e sustentável, participando também do Sistema de Compensação Energética.

5. Como funciona a manutenção dos sistemas?

A manutenção pode ser feita por um técnico especializado ou até mesmo por funcionários da empresa.

Para efetuá-la, é preciso limpar os painéis solares com um pano e água, ao menos uma vez por ano. É importante também observar a necessidade de repetir o processo durante os longos períodos de seca.

6. O que acontece quando o tempo está nublado? E durante a noite?

A produção de energia através do sistema solar fotovoltaico é realizada durante o dia, mesmo quando está nublado. Porém, é importante ressaltar que a geração de energia elétrica está ligada diretamente a quantidade de radiação recebida nos painéis solares.

Isso quer dizer que os níveis de produção de energia tendem a variar durante as horas do dia ou até mesmo durante os meses do ano, já que a iluminação do sol também varia por conta das estações e presença de nuvens.

A noite, porém, o sistema não funciona, uma vez que não há luz solar. Nesse caso, os créditos da energia excedente durante o dia são utilizados.

7. É possível zerar a conta de luz com a energia solar fotovoltaica?

Essa é uma das principais dúvidas sobre energia fotovoltaica. É possível economizar bastante na conta de luz. Porém, como é necessário que a sua empresa esteja vinculada a uma companhia de energia elétrica, ainda há o valor mínimo a ser cobrado e a taxa da iluminação pública.

Assim, a economia com a energia solar fotovoltaica fica em torno de até 95%

8. Posso vender a energia excedente gerada por um sistema fotovoltaico?

De acordo com as resoluções da ANEEL, não pode haver transações em dinheiro dentro do Sistema de Compensação de Energia, apenas em formato de créditos.

Os créditos podem ser utilizados em até 60 meses (5 anos), e podem ser abatidos nas contas de luz de outros pontos que tenham a mesma titularidade do proprietário do sistema de energia fotovoltaica. Isso desde que todos esses pontos estejam na área da mesma companhia elétrica, é claro.

9. Onde é possível fazer a instalação da energia fotovoltaica?

Muitas empresas oferecem o serviço de instalação de energia solar fotovoltaica em todo o país. Entre elas, está a GDE Solar, presente nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A GDE Solar é especialista em projetar, fornecer e instalar sistemas de energia solar fotovoltaica e tem como pilares a sustentabilidade e a inovação tecnológica.

A empresa está há mais de 30 anos no mercado e conta com uma equipe de engenheiros especialistas em Energia Solar com mais de 25 anos de experiência na área.

Esperamos que suas dúvidas sobre energia fotovoltaica tenham sido respondidas ao longo do artigo. E se você quer saber quanto ficaria o retorno do investimento em um sistema fotovoltaico, faça uma simulação agora, de forma online.