Financiamento para energia solar: como conseguir

Financiamento para energia solar: como conseguir
Energia solar para propriedades rurais: conheça os benefícios‎
18 de setembro de 2020
Financiamento para energia solar: como conseguir
O que você precisa saber sobre energia fotovoltaica para empresas
25 de setembro de 2020
Exibir tudo

Financiamento para energia solar: como conseguir

Financiamento para energia solar: como conseguir

Financiamento para energia solar: como conseguir

A energia solar fotovoltaica tem um tempo de retorno sobre o investimento de 3 a 7 anos. Nesse meio tempo, a economia na conta de luz cobre o custo de instalação dos painéis fotovoltaicos. Dessa forma, muitas pessoas têm receio de investir nesse tipo de energia alternativa por temer os custos altos da instalação.

Mas o que muitas pessoas não sabem é que a maioria dos bancos apresentam linhas de crédito e financiamento voltadas exclusivamente para as energias renováveis. No caso da energia solar fotovoltaica, isso se expande ainda mais, devido a programas de incentivo do governo. Para as empresas e pessoas jurídicas, as vantagens são ainda maiores.

Com os tempos de quarentena e pandemia, muitos bancos cancelaram essas linhas de financiamento, principalmente para clientes residenciais e comerciais. Mas, com a reabertura do comércio, os benefícios para a economia com energia solar fotovoltaica também retornaram. Além disso, o material para instalação está mais barato, como placas, inversores, entre outros. Economize em sua casa ou empresa: energia solar fotovoltaica ou energia livre energia solar fotovoltaica energia verde.

Financiamento para energia solar fotovoltaica

Confira a seguir quais bancos investem no financiamento de energia solar e mais detalhes sobre o assunto. Na maioria das vezes, a parcela do financiamento é menor do que a conta de energia paga pelo empreendedor, veja abaixo!

Caixa Econômica Federal

Sua linha de crédito Construcard, feita para financiamento de material de construção começou, recentemente, a aceitar projetos de energia solar fotovoltaica. Com juros de 1,95% ao mês e parcelamento de até 240 vezes, é destinado a pessoas físicas e jurídicas. O site do banco apresenta simulações de juros e prazos do empréstimo.

Para conseguir o cartão Construcard, é necessário ser correntista da Caixa, no entanto, caso você não tenha conseguido abrir uma conta, qualquer outra pessoa que seja correntista pode pedir em seu lugar. Para os correntistas, as parcelas são debitadas diretamente na sua conta Caixa. Por isso não precisa ir ao banco ou emitir boletos para ficar em dia com o financiamento consignado.

Com um prazo de até 6 meses de carência no início do pagamento, o financiamento pode ser utilizado para pagar não só materiais de construção. Ele também cobre equipamentos de energia solar fotovoltaica como as placas solares e os inversores necessários na instalação.

BNDES

Recentemente, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, anunciou uma linha de financiamento de energia solar para pessoas físicas. Ele cobre as despesas com materiais e instalação precisando, para isso, da contratação do cartão BNDES pela pessoa interessada.

O banco também conta com duas linhas de financiamento para energia solar. A Fundo Clima, por exemplo, foi um programa divulgado em junho de 2018 e que, em dois meses, já tinha concedido cerca de 80 milhões em incentivos. Ela não só financia os equipamentos de energia solar fotovoltaica, mas também auxilia as empresas que geram e mantém os empregos em sua instituição.

Com o seu sucesso, logo depois surgiu o Finame para Energias Renováveis. Indicado para empresas e pessoas físicas, ele apresenta prazo para pagamento de até 120 meses. Para micro, pequenas e médias empresas, as taxas giram em torno de 1,3% ao mês. Por serem muito procurados, é indispensável ter certeza antes de contratar.

Banco do Brasil

O Proger Urbano Empresarial é uma linha de crédito para ampliação e modernização de empresas. As taxas de juros dependem do relacionamento do cliente com o banco. Com limite de financiamento de um milhão e prazo de até 72 meses, o projeto cobre até 80% do investimento. Os projetos de investimento devem gerar ou manter empregos e renda para o país. Ele também financia a compra de baterias para armazenamento da energia solar excedente e sistemas de reuso da água.

O segundo programa de financiamento do Banco do Brasil é o FCO Empresarial. Voltado para pessoas jurídicas de direito privado ou empresas públicas que não recebem auxílio financeiro do governo, é direcionado à área rural. Produtores rurais de Distrito Federal, Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul podem solicitar o financiamento ao banco.

Para a pessoas físicas, existe o BB Financiamento. Ele financia os módulos fotovoltaicos, lâmpadas de LED, sistema de reuso de água e material de construção, para fazer a sua casa ficar mais sustentável e respeitar o meio ambiente. São esses os financiamentos de energia solar do Banco do Brasil.

Santander

O Santander Financiamentos disponibiliza, para pessoas físicas e jurídicas, correntistas e não correntistas, financiamento para a instalação de projetos de energia solar fotovoltaica. Com parcelamento de até 60 vezes, os prazos e taxas de juros dependem das condições escolhidas pelo beneficiado. 

Para as pessoas físicas, o Santander tem o CDC Socioambiental, em que você pode parcelar por até 4 anos a compra de equipamentos fotovoltaicos e tratamento de resíduos. Além disso, você pode aumentar a sua eficiência energética e hídrica e a acessibilidade em seu imóvel.

As empresas de todos os portes podem, desde 2002, solicitar ao Santander financiamento para serem mais sustentáveis. As linhas de crédito do banco auxiliam a economia de água e energia, a redução de resíduos e a conquista de certificações ambientais. Confira mais benefícios no site do banco.

Sicredi

A linha de financiamento exclusiva para seus associados tem a taxa de juros de 1 a 3% ao mês prazo de pagamento até 60 meses. Voltado apenas para energia solar, está condicionada a análise de crédito antes da aprovação pelo banco. No site da BV Financeira, um de seus afiliados, é possível fazer uma simulação.

O Sicredi tem uma linha de crédito somente para a compra de equipamentos para a geração de energia elétrica pelo sistema solar fotovoltaico. É o Financiamento para Energia Solar. De acordo com dados do Plano Decenal de Energia Elétrica 2024 do Ministério de Minas e Energia, a potência elétrica do país vai chegar a 7.000 MW, a partir da geração por meio dos raios solares.

Entre os seus benefícios, estão a flexibilidade de comprar os mais diversos equipamentos para a geração da própria energia elétrica pelos raios do sol. A comodidade, pois as parcelas do financiamento são debitadas diretamente da sua conta do banco. E, finalmente a segurança e responsabilidade, pois é você quem estabelece o limite do empréstimo que poderá pagar de uma forma constante e responsável.

Como você observou, o ano de 2020 é um dos melhores para investir em energia solar fotovoltaica. Não só por causa da escassez de chuvas, mas é um investimento futuro, para evitar surpresas desagradáveis com o meio ambiente e com a conta de energia, é claro! Caso ainda tenha dúvidas ou precise de mais informações, ligue agora mesmo para a GDE Solar: (31) 3261-3020.

Agora que você já sabe como ter um financiamento em energia solar, não perca mais tempo! Faça uma simulação de investimento no nosso site.