5 razões para gerar sua própria energia na fazenda

5 razões para gerar sua própria energia na fazenda
Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer
5 de novembro de 2019
5 razões para gerar sua própria energia na fazenda
É possível instalar o sistema fotovoltaico em minha empresa e compensar em outros locais?
12 de novembro de 2019
Exibir tudo

5 razões para gerar sua própria energia na fazenda

5 razões para gerar sua própria energia na fazenda

5 razões para gerar sua própria energia na fazenda

Nos últimos anos, graças ao desenvolvimento científico e tecnológico, estamos sendo apresentados a novas formas de produzir energia. Se antes dependíamos de carvão, hidroelétricas e outras fontes, agora temos energia proveniente de recursos sustentáveis, renováveis e até mesmo mais econômicos.

Diferente do que muitos pensam, essa tecnologia não está restrita às cidades ou grandes centros urbanos. Atualmente é possível gerar a sua própria energia na fazenda, tornando-se um excelente investimento.

A produção de energia fotovoltaica, além de ser uma opção ecológica, é também um dos principais meios de economia de energia. Com ela, os produtores rurais conseguem gerar energia na fazenda. Entenda como isso é possível no nosso artigo:

O que é a energia solar fotovoltaica?

A tecnologia fotovoltaica permite a conversão da radiação solar em energia elétrica. Esse processo é feito através de painéis solares posicionados estrategicamente para absorver a maior quantidade de radiação do sol possível. É importante lembrar que a energia solar fotovoltaica é diferente da energia solar térmica.

Apesar de ainda não ser tão conhecida no Brasil, nos últimos 40 anos a tecnologia fotovoltaica vem se popularizando no mundo todo, se apresentando como uma excelente opção na geração de energia na fazenda e na cidade. 

Ela pode ser utilizada em diferentes contextos, seja na indústria, empresas ou em residências. Além disso, sua implementação pode ser feita em todo Brasil, uma vez que o país possui clima tropical com dias longos e majoritariamente ensolarados durante o ano.

Vantagens de gerar sua própria energia

Pessoas de todo mundo investem na energia fotovoltaica como uma forma de economizar na conta de luz, gerando sua própria energia. E além da economia e de uma certa independência energética, existem ainda várias outras vantagens em realizar esse investimento em propriedades rurais.

Para saber mais sobre cada um dos benefícios em gerar sua própria energia na fazenda, é só continuar a leitura!

1. Sustentabilidade

São consideradas fontes de energia sustentáveis e renováveis aquelas que são naturalmente reabastecidas pela natureza, como o vento, a chuva e, claro, o sol.

A energia fotovoltaica é considerada um tipo de energia sustentável por ser proveniente do calor e da luz solar, e também é tida como uma energia limpa. Isso significa que ela não traz prejuízos ao meio ambiente.

O clima brasileiro, como citado anteriormente, é ideal para a implementação dessa tecnologia, principalmente em propriedades rurais. Assim, temos a natureza e a tecnologia trabalhando juntas!

2. Energia em períodos de seca

A matriz energética brasileira se baseia majoritariamente na geração hidroelétrica. Cerca de 60% da energia elétrica do país é gerada nessas usinas. Porém, com a crise climática que estamos enfrentando, não podemos confiar apenas nessa forma de geração e abastecimento elétrico.

Os períodos de seca cada vez maiores e a falta de água tem comprometido a geração de energia elétrica em uma escala nacional. Dessa forma, além de interessante, se mostra cada vez mais necessário buscar por novas fontes de energia. É aí que entra a energia solar fotovoltaica.

Em períodos de seca e de estiagem, as usinas hidroelétricas costumam enfrentar desafios referentes à falta de água. Por isso, as usinas termelétricas costumam ser mais acionadas e os preços da conta de luz tendem a aumentar.

Com a tecnologia fotovoltaica, é possível gerar energia na fazenda durante todo o ano, especialmente nesses períodos. Assim, com a própria energia, o fazendeiro consegue ter uma reserva de energia em caso de apagões, e ainda economiza nos gastos com energia. Afinal, estará usando menos a energia proveniente das hidrelétricas ou termoelétricas.

3.Previsibilidade de gastos

Ao gerar sua própria energia na fazenda através da tecnologia fotovoltaica, o produtor rural também terá maior controle e previsibilidade de suas despesas. Isso ocorre primeiramente pela maior economia em relação à conta de luz, cujo valor pode ser reduzido consideravelmente com o uso da energia solar. O fazendeiro terá que arcar então apenas com um custo fixo, as taxas de manutenção, com valores já estabelecidos.

Com esse maior controle de gastos, sem grandes surpresas nas contas de energia, há também uma maior organização financeira. Assim, também fica mais fácil se planejar economicamente para os futuros investimentos.

4. Facilidade em investimentos

Falando em investimentos, existem diversas opções de linhas de financiamento para produtores rurais que desejam instalar projetos sustentáveis.

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), por exemplo, tem a iniciativa Pronaf ECO. Essa linha auxilia no financiamento da implementação de sistemas de energia renováveis, que é o caso da energia solar fotovoltaica. 

O Banco do Brasil, por sua vez, possui o Investe Agro. Essa é uma linha especial para propriedades rurais cujas taxas de juros são limitadas a 12,75% ao ano. 

Outros programas também estão disponíveis em diferentes organizações que possibilitam ao produtor rural ter acesso a ótimas oportunidades para viabilizar a instalação da energia fotovoltaica.

E é importante lembrar também que esse investimento na energia solar tende a se pagar em até cinco anos. Ele ainda pode ser considerado como um investimento alternativo, como veremos a seguir.

5. Investimento alternativo

A energia fotovoltaica também pode gerar lucro para o produtor rural. Isso é possível graças aos créditos de energia. Quando há uma geração de energia na fazenda maior do que o consumo, o proprietário pode oferecer o excedente para as redes energéticas locais. Em troca, ele recebe créditos de energia com validade de cinco anos.

Para saber mais sobre como trocar o excedente de energia por créditos, é só consultar a Resolução Normativa 482/2015 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que possui regras específicas para esse sistema.

Como podemos notar, a produção de energia na fazenda traz vários benefícios para o produtor rural. Com a tecnologia fotovoltaica, o fazendeiro torna sua propriedade e sua produção mais sustentáveis, econômicas e independentes.

Para saber mais sobre a energia fotovoltaica e como instalá-la em sua propriedade, entre em contato com a GDE Solar e solicite um orçamento sem compromisso!