Gestão sustentável no agronegócio

Gestão sustentável no agronegócio
Energias renováveis: como escolher a melhor para sua empresa
19 de junho de 2020
Gestão sustentável no agronegócio
Como o projeto fotovoltaico é feito?
29 de junho de 2020
Exibir tudo

Gestão sustentável no agronegócio

Gestão sustentável no agronegócio

O agronegócio é um dos setores de maior importância para o nosso país. Além de gerar emprego para a população, ainda é responsável por uma grande porcentagem da economia nacional. No ano de 2019, por exemplo, o agronegócio cresceu em 3,8% com relação a 2018, e representou 21% do PIB brasileiro. O Brasil exportou, nesse ano, o total de 225 bilhões de dólares, e o agronegócio sozinho foi responsável por 97 bilhões de dólares desse montante, ou seja, uma fatia de 43% de tudo o que foi vendido para o exterior.

Não se pode negar, porém, a importância de uma gestão sustentável no agronegócio, já que a atividade tem um grande impacto sobre o meio ambiente. Felizmente, a tecnologia traz muitas opções para quem busca processos mais econômicos e vantajosos a longo prazo. Neste artigo, mostramos algumas dessas opções.

Integração: lavoura-pecuária-floresta

Embora os sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta sejam considerados sistemas inovadores, na Europa desde a idade média são conhecidas várias formas de plantios associados entre culturas anuais e culturas perenes ou entre culturas frutíferas e árvores madeireiras. O sistema tem sido adotado em todo o Brasil, com maior representatividade nas regiões Centro-Oeste e Sul. Hoje, aproximadamente 1,6 a 2 milhões de hectares utilizam os diferentes formatos da estratégia ILPF e a estimativa é de que, para os próximos 20 anos, possa ser adotada em mais de 20 milhões de hectares.

A ILPF busca integrar sistemas de produção de alimentos, fibras, energia e produtos madeireiros e não madeireiros, realizados na mesma área, em cultivo consorciado, em sucessão ou rotação, para otimizar os ciclos biológicos de plantas e animais, insumos e seus respectivos resíduos.

Visa, ainda, manutenção e reconstituição da cobertura florestal, a recuperação de áreas degradadas, a adoção de boas práticas agropecuárias (BPA) e aumentar a eficiência com o uso de máquinas, equipamentos e mão de obra, possibilitando, assim, gerar emprego e renda, melhorar as condições sociais no meio rural e reduzir impactos ao meio ambiente.

A junção do cultivo de grão, criação de animais e espaço para vegetação no mesmo local permite a máxima produção de fibras, alimentos e energia por unidade de área. Outros benefícios são:

  • Maior infiltração de água da chuva no solo;
  • Aumento na renda do produtor;
  • Variação de atividades na propriedade;
  • Maior retenção de água no solo. 

Com isso, é possível aumentar a produção de forma sustentável e econômica, beneficiando os dois lados: meio ambiente e produtor. 

Quer aprender sobre mais medidas que você pode adotar para seu negócio rural? Leia nosso conteúdo no blog: Fazenda sustentável: 10 medidas para adotar agora.

Drones para gestão sustentável do agronegócio

O uso de drones (veículo aéreo não tripulado que pode ser manuseado por um controle remoto) é uma medida que vem sendo bastante utilizada pelos agricultores em todos os setores, trazendo ótimos resultados a curto prazo. 

Para plantações, os drones podem detectar a presença de pragas e identificar doenças ou deficiências nutricionais. Para a pulverização, é possível mapear a topografia do solo através de um sistema de lasers e ultrassom além de regular sua altitude de voo.

Além de ganhos econômicos, o drone se destaca por sua precisão, segurança e comodidade. A maior desvantagem, porém, encontra-se no custo elevado desse equipamento: os preços que podem variar entre R$8mil à R$70mil. 

Tratores autônomos

O trator autônomo é um veículo agrícola que não necessita de um operador. A utilização desse recurso representa para os agricultores uma safra de sucesso. Basicamente, o trator autônomo é um meio que se aproveita de diversas tecnologias como GPS, sensores, câmeras, facilidade de comunicação.

Sendo assim, os sistemas presentes hoje em dia permitem ao operador monitorar remotamente o trabalho já programado dos tratores autônomos. O operador pode controlar e ajudar toda essa atividade usando um computador ou um tablet.

Para começar o trabalho, o operador deve adicionar ao sistema os limitadores físicos na lavoura, com o objetivo de garantir a segurança na operação. Após essa etapa, é necessário planejar a rota de campo mais eficiente para as máquinas autônomas, pensando nos quesitos tempo de operação, trabalho ao operador e gasto com combustíveis. Ao controlar todo o trabalho remotamente e poder aplicar melhorias nesse processo, decisões são tomadas mais rápida, e uma maior eficiência no campo é gerada.

Os benefícios desse veículo são inúmeros, porque além de seguro, é eficaz e traz resultados com mais rapidez. Um trator autônomo pode custar entre R$600mil à R$1,2 milhões, e com a crescente evolução da tecnologia, vem se tornando cada vez mais utilizado e acessível para quem quer investir em uma gestão sustentável do agronegócio.

Investir em Energia Solar Fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é um sistema que funciona por meio de placas solares que captam a luz do sol e a converte para energia elétrica. Além de sustentável, essa energia é econômica, pois quando não é consumida, ela é devolvida para a rede elétrica e pode ser usada no mês seguinte. 

Benefícios da energia solar fotovoltaica:

  • A energia solar é uma fonte de energia renovável e inesgotável;
  • É considerado um investimento com retorno financeiro mais atrativo que outras formas tradicionais de investimento;
  • Ajuda a reduzir a poluição do ar e o aquecimento global;
  • O capital investido retorna na forma de redução da conta de energia;
  • O investimento em geração de energia agrega valor ao imóvel do cliente.

Some isso ao fato de que, nos últimos anos, os sistemas solares apresentam uma queda de preço, o que incentivou ainda mais a adoção de sistemas solares no campo. Entretanto, o número de sistemas fotovoltaicos instalados no campo ainda é baixo, uma vez que os benefícios da energia fotovoltaica para fazendas ainda são uma novidade para muitos brasileiros. Para aprender mais sobre o assunto, visite o nosso blog e saiba onde os painéis fotovoltaicos podem ser instalados.

Os produtores que trabalham com o auxílio da energia fotovoltaica em propriedades rurais, pode contar com a autonomia energética. Desse modo, os produtores deixam de depender de outras fontes não renováveis e principalmente da rede energia elétrica, uma vez que ainda existem muitas regiões com condições e estruturas precárias de sistema elétrico.

Se quiser entender mais sobre os mecanismos por trás desse tipo de tecnologia, acesse o nosso artigo: como a energia fotovoltaica funciona?

Adubação verde

A adubação é uma técnica utilizada para a inclusão de plantas especialmente cultivadas para essa finalidade. O uso da adubação verde contribui para o aumento da infiltração e da retenção de água no solo, nesse caso, as plantas forrageiras são as mais indicadas porque podem ser reaproveitadas como alimento para os animais, além de serem responsáveis pela fixação de nitrogênio no solo. 

Já a adubação orgânica, química e a calagem são utilizadas para repor os nutrientes retirados pelas plantações, mantendo um nível equilibrado desses elementos.

Por que buscar a gestão sustentável no agronegócio?

Nosso planeta está sendo severamente prejudicado pelo descaso com questões ambientais, e os efeitos são perceptíveis nas mudanças de clima. Com isso, é de suma importância a conscientização do uso de propostas sustentáveis, que além de ajudar o meio ambiente, trazem outros diversos benefícios, como:

  • As técnicas utilizadas para o funcionamento dos meios sustentáveis costumam exigir poucos insumos. Com isso, os custos são reduzidos e o resultado é a economia;
  • Os recursos naturais necessários para a produção permanecem disponíveis por um prazo mais longo, viabilizando o negócio por mais tempo.

Conclui-se que a utilização da sustentabilidade no agronegócio é boa para sua empresa, seu bolso e para o meio ambiente. A partir daí, surge a pergunta: como posso ajudar com a minha empresa? 

No nosso site, temos um formulário no qual você pode solicitar uma simulação do investimento necessário para começar a utilizar energia solar na sua fazenda. Nossos especialistas estão à disposição para ajudar e resolver possíveis dúvidas. Entre em contato!