Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer

Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer
Qual a diferença entre energia solar térmica e fotovoltaica?
30 de outubro de 2019
Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer
5 razões para gerar sua própria energia na fazenda
7 de novembro de 2019
Exibir tudo

Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer

Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer

Investimento em painéis fotovoltaicos: 6 empresas que podem fazer

Nos últimos 40 anos, a produção de energia solar fotovoltaica vem se popularizando no mundo inteiro. No Brasil, a tendência chegou há pouco tempo, mas já conquista o consumidor brasileiro. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o investimento em painéis fotovoltaicos cresceu 134,97% no primeiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período no ano anterior.

A tecnologia fotovoltaica permite transformar a radiação solar em energia elétrica. Ela é considerada uma energia renovável, capaz de gerar maior independência energética e economia para seus usuários.

A busca por opções energéticas mais sustentáveis e econômicas é um fator que impulsiona muito o interesse energia fotovoltaica. E o melhor é que qualquer pessoa pode fazer esse investimento! A instalação dos painéis fotovoltaicos podem ser feitos no meio urbano ou rural e estão disponíveis para residências e para organizações comerciais dos mais diversos nichos. Confira:

Investimentos em painéis fotovoltaicos

O investimento em painéis fotovoltaicos é capaz de trazer bons resultados financeiros para todos os seus usuários. Por isso, ela é cada vez mais procurada por empreendedores que desejam instalar a energia solar fotovoltaica em seus negócios.

Diferente do que se imagina, o investimento não é tão caro quanto costumava ser há alguns anos. Graças a popularização da tecnologia e apoios governamentais, o valor desse investimento está cada vez mais acessível.

Além disso, os mais diversos nichos e negócios podem apostar na energia fotovoltaica para se abastecer, como é o caso de empresas de engenharia, construção, restaurantes, clubes, hotéis, farmácias, dentre várias outras.

É importante lembrar que bancos e outras organizações financeiras, além de programas do governo, podem auxiliar no financiamento dessa tecnologia. Além disso, apesar de um maior custo inicial, o tempo de retorno do investimento (payback) em energia solar costuma ser de, em média, quatro anos.

A seguir, falaremos mais sobre o investimento em painéis fotovoltaicos em padarias, academias de ginástica, bares e restaurantes, hotéis, clubes e instituições de ensino. É só continuar a leitura!

1. Padarias

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o gasto com a energia elétrica está entre os três maiores de uma padaria.

Em tempos em que as tarifas da conta de luz tendem a aumentar, a energia elétrica passa a ser uma dor de cabeça para o dono do negócio. Porém, não precisa ser assim.

O investimento em painéis fotovoltaicos é uma opção muito interessante para as padarias. Essa tecnologia é capaz de diminuir em até 90% os gastos com energia de uma padaria, além de oferecer outros benefícios como maior independência energética e maior controle e previsibilidade de gastos.

Esse investimento pode também agregar maior valor à marca da padaria, que vai se destacar em meio às concorrentes por ser mais tecnológica e sustentável.

2. Academias de ginástica

Em 2016, uma academia na cidade de São José (PR) foi a primeira empresa do tipo a implementar a energia fotovoltaica no país. De acordo com o jornal O Blumenauense, a iniciativa até então inédita de investimento em painéis fotovoltaicos pretendia render uma economia de até 40% ao mês para o dono do negócio.

Com essa economia, o empreendedor é capaz de fazer novos investimentos. E além de ter uma marca com valores de sustentabilidade, também é possível oferecer serviços com valores mais competitivos no mercado, uma vez que há uma grande redução de custos.

3. Bares e Restaurantes

Independente do tamanho do bar ou restaurante, o investimento em painéis fotovoltaicos pode trazer muitos benefícios.

Antes de mais nada, é preciso entender que a instalação dos painéis varia de acordo com as necessidades do estabelecimento. Por isso, ela pode ser feita desde estabelecimentos menores até grandes negócios, sendo otimizada para cada caso.

Mesmo quando o ponto é alugado, ainda há soluções. São muitos os casos em que a realização desse investimento pode ser negociada com o proprietário do local, que pode, por exemplo, aumentar o período de contrato para que seja possível que o empreendedor e dono do negócio tenha retorno ou até mesmo lucro.

Caso haja a necessidade de mudar de ponto, os equipamentos pertencem ao contratante do serviço, ou seja, o dono do bar ou do restaurante. Assim, é possível levar os painéis e toda a tecnologia para a nova unidade. Porém, atenção: isso é feito através de um novo projeto e uma nova instalação, mas não há a necessidade de perda dos equipamentos.

Com a energia fotovoltaica, além da economia na conta de luz, que já citamos anteriormente, o investimento em painéis fotovoltaicos também pode render mais ações de marketing e de divulgação.

Dessa forma, além da clientela anterior, também há a atração de novos clientes, que valorizam soluções mais ecológicas, por exemplo.

4. Hotéis

A energia elétrica é um dos maiores custos dos hotéis. Em períodos de alta temporadas, os gastos podem chegar a valores exorbitantes, ainda mais em períodos de seca em que bandeiras e taxas são estabelecidas nas contas de luz.

Dessa forma, o investimento em painéis fotovoltaicos se mostra como uma ótima oportunidade de diminuir os gastos com eletricidade a garantir também uma postura mais sustentável no estabelecimento.

Em alguns casos, o tempo de retorno desse investimento em hotéis é de apenas três anos. E não apenas isso: a maior economia com a conta de luz pode aumentar o lucro por diária, agregar valor de mercado, entre outros benefícios.

Para investir na energia fotovoltaica, os hotéis também contam com linhas de crédito especiais, oferecidas por instituições como o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), Banco do Brasil, Santander, entre outras.

5. Clubes

No caso de clubes, que também possuem muitos gastos de energia, o investimento em painéis fotovoltaicos pode trazer benefícios como:

  • Economia na conta de luz;
  • Selos de sustentabilidade;
  • Aumento de valor de mercado;
  • Aumento da competitividade;
  • Manutenção simples;
  • Retorno de investimento em 4 anos.

Além disso, ainda há a possibilidade de conciliar a energia solar fotovoltaica com a energia solar térmica. Enquanto a primeira gera energia elétrica, a segunda tecnologia permite o aquecimento de fluidos, como a água, também através dos painéis solares – diminuindo assim mais um custo relevante nos clubes.

6. Escolas e faculdades

Muitas escolas também vêm apostando na energia fotovoltaica. O investimento em painéis fotovoltaicos em instituições de ensino possibilita uma maior independência da rede de distribuição, que pode ser interessante em casos de estabelecimentos em locais com menor infraestrutura elétrica.

O valor economizado com o uso da tecnologia fotovoltaica contribui para que faculdades possam fazer investimentos sociais, educacionais e tecnológicos importantes.

E não apenas isso: a presença da energia solar fotovoltaica também pode ser utilizada como um exemplo e uma oportunidade de ensinar crianças e jovens sobre a importância de fontes alternativas e renováveis na geração de energia, contribuindo para a formação de uma geração mais consciente e sustentável.

Como vimos, a economia na conta de luz, maior independência e autonomia energética e agregação ao valor de mercado são as principais vantagens da instalação da energia fotovoltaica em seu estabelecimento. Dessa forma, o investimento em painéis fotovoltaicos traz diversos benefícios para sua empresa, independente do nicho em que ela se encontra. 

Se você ainda quer saber mais, confira as principais dúvidas sobre energia fotovoltaica!