Conheça os programas de financiamento para energia fotovoltaica

Conheça os programas de financiamento para energia fotovoltaica
Mitos e verdades sobre a energia solar fotovoltaica
13 de dezembro de 2019
Conheça os programas de financiamento para energia fotovoltaica
Energia fotovoltaica e agronegócio: economia acertada
20 de dezembro de 2019
Exibir tudo

Conheça os programas de financiamento para energia fotovoltaica

Conheça os programas de financiamento para energia fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica apresenta diversas vantagens para quem quer economizar na conta de luz, podendo reduzi-la cerca de 95% o valor da conta de energia elétrica. O custo-benefício e o tempo de retorno do investimento é excelente para quem quer instalar o sistema mas não tem o valor total de imediato. Para resolver esse problema oferecemos  muitas linhas de financiamento residenciais.

Muitos bancos e financiadoras apresentam programas de crédito para quem quer investir em energia solar fotovoltaica. Mesmo que não seja para comércios e indústrias, existem programas para pessoas físicas instalarem sistemas de energia solar em suas residências.

É importante lembrar que a instalação não zera a conta de energia elétrica , visto que as distribuidoras cobram uma taxa mínima de uso, mas o valor reduz bastante. Veja a seguir alguns dos programas de financiamento para energia fotovoltaica.

Programas de financiamento para energia fotovoltaica do BNDES

O BNDES tem diversos programas de financiamento, tanto para pessoas físicas quanto jurídicas. Além disso, o uso do Cartão BNDES facilita a transação entre a empresa prestadora de serviço de energia fotovoltaica e a pessoa física que quer contratar a instalação. Com parcelas pagas a cada mês, a longo prazo é um investimento bastante satisfatório.

Programa Fundo Clima

Divulgado em junho de 2018, o Programa Funco Clima teve um sucesso tão grande que, nos dois primeiros meses de seu lançamento cerca de 80 milhões de reais já tinham sido investidos neste programa. Atualmente, o banco estuda a possibilidade de solicitar ao governo mais recursos para conseguir atender à demanda, visto que o capital se esgotou nos primeiros 45 dias de seu funcionamento.

O programa BNDES Energia Solar, voltado para empresas e que faz parte do Fundo Clima, inclui, além de painéis solares, equipamentos e máquinas com o selo Procel. O financiamento também cobre veículos e motores para armazenar a energia coletada e excedente dos equipamentos solares.

Programa Finame

Com o sucesso estrondoso do Fundo Clima, o BNDES criou outra linha de financiamento, o Finame, para auxiliar projetos que não conseguiram o investimento do programa anterior. O Finame Energias Renováveis foi criado para auxiliar empresas, pessoas físicas, condomínios, produtores rurais e cooperativas a gerarem sua própria energia solar fotovoltaica

O pagamento do programa pode ser de até 120 meses e as micro, pequenas e médias empresas conseguem uma taxa de spread em torno de 1,3% ao mês. Para participar dos programas, é bom ficar atento ao prazo de abertura e a sua disponibilidade para se inscrever pois, por serem muito procurados, apresentam um alto índice de procura e aprovação.

Pronaf

A linha de financiamento do governo, intitulada “Mais Alimentos” para agricultores participantes do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), inclui também sistemas de energia solar fotovoltaica até 300 mil reais. Com uma taxa anual que pode variar de 2,5% a 5,5%, permite que o pequeno agricultor só comece a pagar a partir de 36 meses. Fazendas solares também podem ser boas opções para estas pessoas terem os benefícios da energia solar fotovoltaica a um custo mínimo.

Linha de crédito da Caixa Econômica Federal

A linha de crédito Construcard, voltada para compra de material de construção, começou a aceitar recentemente projetos de financiamento para energia solar fotovoltaica. Com juros de até 1,95% ao mês, pode ser financiado em até 240 vezes e é voltado para pessoas físicas e jurídicas. No site da Caixa, você consegue fazer uma simulação de juros e prazos para pagamentos sem compromisso.

Linha de financiamento do Bradesco

Com uma linha de financiamento para pessoas físicas e jurídicas, mas apenas correntistas, o banco trabalha com taxas de juros de 1,8% a 1,86% ao mês, dependendo do prazo de pagamento, que pode ser de até 60 meses. O Bradesco oferece carência de até 59 dias para o primeiro pagamento. 

Programas de financiamento do Banco do Brasil

O Banco do Brasil oferece um consórcio para os interessados em instalar placas solares em residências. Não tem taxa de juros, mas cobra 15% de taxa de administração durante o tempo do consórcio. Se o período de tempo for 72 meses, por exemplo, a taxa total é de 0,21% ao mês. Acessível a correntistas e não correntistas, pode receber o crédito após ter de 30% a 40% do consórcio pago, isso se o cliente não for sorteado antes.

Investimento Proger Urbano Empresarial

Criado para financiar reformas ou ampliação de empresas, o Proger Urbano Empresarial utiliza recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do Governo Federal. Os projetos deste investimento devem gerar empregos e renda, ou a sua manutenção. Com limite de financiamento de 1 milhão, o cliente tem até 72 meses para o financiamento.

FCO Empresarial

O FCO Empresarial atende as regiões do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, é voltado para pessoas jurídicas de direito privado dos setores de indústria, comércio, minério, turismo, agroindústria, serviços e infraestrutura econômica. Inclusive auxilia empresas públicas não dependentes do poder público. Voltado para produtores rurais, tanto físicos quando jurídicos, financia também energia solar fotovoltaica para cooperativas e associações ligadas às atividades rurais.

Financiamento do Santander

Com o Santander Financiamento, pessoas físicas e jurídicas, bem como correntistas e não correntistas podem conseguir auxílio financeiro para instalação de seu sistema de energia solar fotovoltaica. Com parcelamento de até 60 vezes, a taxa de juros depende dos prazos, valores e as demais opções pedidas pelo beneficiário.

Linha de crédito do Sicredi

Com uma linha especial de crédito para seus associados, seja pessoa física ou jurídica, tem prazo de pagamento de até 60 meses, com taxas de juros de 1% a 3% mensais. Você pode fazer um simulação pelo site da BV Financeira, uma das parceiras do Sicredi.

Como você conferiu, fazer um financiamento para ter seu próprio sistema de energia solar fotovoltaico em sua casa é fácil. Basta, para isso, que o cliente leve ao banco ou financiadora o orçamento com o valor dos equipamentos e mão de obra para a instalação, documento de identificação e o comprovante de renda mais recente

Pode ser necessário mais algum documento, por isso, entre em contato com a empresa antes. A GDE Solar também tem um programa próprio de financiamento, com um correspondente bancário para obtenção de créditos, uma boa forma de não gastar tanto com a conta de luz. Entre em contato pelo telefone (31) 3261-3020 para esclarecer suas dúvidas e obter mais informações.

A GDE Solar possui uma equipe altamente qualificada, que irá estudar suas demandas e condições de pagamento e indicar o melhor projeto para você. Além dos engenheiros com mais de 25 anos de experiência no setor elétrico, a GDE Solar oferece monitoramento de um ano gratuito, como garantia que tudo ocorrerá bem e que a instalação terá o máximo de eficiência em seu funcionamento.

Gostou do artigo? Está interessado em fazer um projeto? Solicite um orçamento online sem compromisso!